quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

A arte de viver em meio a lama sem se sujar - CABO FRIO E QUALQUER LUGAR

As garças apesar de andar nos mangues e lagoas enlameadas nunca estão sujas

São 03:13 da madrugada e vejo minha esposa e meus filhos dormindo e o sono não me vem por conta de meus pensamentos, desde algum tempo minha mente ferve e algo dentro de mim se estremece quando penso no futuro de meus filhos, no meu desejo em vê-los formados e vivendo com dignidade

Penso, como será possível esta realização se vivemos num mundo tão conturbado? Minha preocupação não é de como eles possam se encaixar na sociedade, mas sim de como prepara-los para enfrenta-la

Uma sociedade que vem perdendo a compreensão dos valores, que acha bonito bajular ou se vender para ter resultados financeiros, uma sociedade que discrimina os negros, os homossexuais, os deficientes, uma sociedade que não respeita os idosos e se nega a ajudar ao próximo, uma sociedade que acha normal meninas de 11,12 e 13 anos estarem gravidas, uma sociedade que acha normal uma criança portando um fuzil e usando drogas, uma sociedade que ignora o menor abandonado, uma sociedade hipócrita e desumana que julga comum a corrupção em todas as esferas 


Mais cedo estava ouvindo o Hino de nossa Cidade e me vi surpreendido por uma pergunta de meu filho Caio Atanasio de 9 anos, ele me perguntou porque a letra do Hino fala, "pois nesta terra todos são iguais" se eu vivo falando que o Distrito de Tamoios é abandonado e outros bairros do 1° Distrito não tem a assistência devida?

Respondi que um dia ele iria entender como isto funciona!

Vi naquela pergunta a criação que meu pai (in memoriam) me deu, onde a cor verde é verde, não é preta ou azul, onde maça é maça, não é uva ou banana e onde automóvel é automóvel, não é aeronave ou embarcação!

Manoel Atanasio da Silva (In memoriam)

Esta foi a criação que meu pai me deu, um homem simples, analfabeto, severo e honesto, que lutou até o último dia de sua vida para dar aos filhos dignidade

Como responder ao meu filho, se na atualidade a sociedade ver todos os atributos que meu pai zelava e nos fez (eu e minhas irmãs) entender e acreditar, como ultrapassado e fora de moda?

Na minha concepção, o sistema de governo não só do nosso Município mais do Brasil e do mundo como um todo, quer e trabalhar para que o povo viva na ignorância, pois cabeças pensantes é sinal de problemas para eles, pois surgem os questionamentos, as dúvidas e a revolta contra o que é errado

Então como preparar meus filhos para enfrentar uma sociedade que vem necrosando a cada hora?

Com a verdade, quando quem mente sempre sai na "vantagem"?

Com honestidade, quando quem é desonesto é "amparado" quase sempre pela lei?

Com a simplicidade, quando a sociedade diz que ser "pobre" é vergonhoso?

Com respeito, quando a imoralidade e todo tipo de descriminação e lançado a eles, seja por rádio, tv, músicas ou o cotidiano?

Meus filhos não são personagens, onde devem se adaptar ao que a sociedade tem oferecido como modelo, meus filhos são seres humanos e eu tenho o dever de ensina-los a viver em meio a lama sem se sujar


Tanto eu como minha esposa conversamos quase que todos os dias com as crianças, falamos de caminhos certos e dos caminhos errados do dia-a-dia, mas os deixamos "livres" em determinadas situações para escolherem o caminho e o que nos faz pais orgulhosos é saber que eles aceitam as punições que damos quando fazem a opção errada

Como sobreviver a uma sociedade que raramente discute algo no campo das ideias, uma sociedade que diz que você é bom se concordar com o ponto de vista dela e mal se discordar deste ponto de vista imposto por ela?

Eu tenho fé e acredito que muitos pensam e agem assim como eu, que ainda buscam uma maneira de proteger os de sua responsabilidade, eu ainda acredito na mudança e tenho esperança 

Conheço meus limites e erros e minha esposa e filhos também os conhece, quantas vezes me vi no lugar de pedir perdão ou de ser chamado atenção por eles e aceitei numa boa

Bom, este é um pouco do meu desabafo e sendo bastante sincero, me sinto bem, pois apesar de saber que tenho muitos leitores e que alguns vão me censura e julgar por minhas palavras, não me preocupo, pois a grande maioria são meus amigos, conhecidos que me admiram e até irmãos que fiz neste tempo de blog, então não há com que se preocupar!

Ps: Quando digo sociedade, me refiro a má sociedade, que é hipócrita, bajuladora, medrosa, sem caráter, má intencionada, julgadora, mentirosa, arrogante, desenformada,  infeliz, fútil, desiludida, falida e morta.

4 comentários:

Luciana disse...

Suas palavras dizem tudo sobre o conflito em que vivemos. Parece que dia-a-dia estamos sendo testados em nossa capacidade de perseverar nos valores com que fomos criados e que hoje parecem estar tão fora de moda..realmente não é fácil criar os filhos no mundo de hoje, mas ainda vale a pena insistirmos em nossos valores pois eles são o que verdadeiramente podemos deixar neste mundo. Além do que assim ficaremos mais em paz com nossa consciência. Os egoístas, individualistas ao extremo, os sem caráter, podem até ser beneficiados materialmente a curto prazo, mas, garanto a você que se for feita uma análise mais profunda de suas personalidades, descobrirão muita dor e guerra interna, pois não têm paz em suas consciências. O caminho é esse que você está fazendo, passando para seus filhos o que de mais precioso você tem, ensinando-os. Tem dia que desanimamos mais, no outro podemos já estar melhor, mas prosseguir..acho que é por aí mesmo. Pelo menos futuramente eles terão uma bagagem de sabedoria de vida onde consultar quando no enfrentamento das batalhas diárias, e assim escolherem os seus caminhos... gostei muito deste texto seu. A história da garça ilustra muito bem isso que falamos. É Deus falando conosco através dos exemplos da natureza.

Mariana Espindola Kirkpatrick disse...

Você escreveu o que muitos ainda sentem mas mal conseguem lutar contra. Somos minoria. Eu desisti do Brasil e a minha familia também. Vim morar no exterior e tenho o coração apertado de saber que a minha vida aí no BR acabou. As vezes visito mas, somente pelas belezas naturais, amigo e familia. "o sistema de governo não só do nosso Município mais do Brasil e do mundo como um todo, quer e trabalhar para que o povo viva na ignorância, pois cabeças pensantes é sinal de problemas para eles, pois surgem os questionamentos, as dúvidas e a revolta contra o que é errado"

Chega!

Luciana disse...

Vou compartilhar este artigo no meu blog, ok amigo? citarei sua autoria.

atanasio disse...

Sinta-se a vontade minha amiga, Abração!