sábado, 31 de dezembro de 2011

2012! CABO FRIO


2012 Será o ano da mentira, não estou falando do calendário chines ou qualquer outro calendário, estou falando das eleições municipais

Uns planejam sair, porém querem deixar o legado aos filhos, outros querem entrar e outros querem se manter, será um festival de mentiras e frases feitas e no centro deste tsunami o cidadão de bem com seu voto

No próximo ano, deixaremos de ser vistos como indigentes, seremos vistos como seres humanos!

Receberemos no aconchego de nossos lares visitas de pessoas que até então nunca quiseram ouvir nossas vozes quando gritávamos por ajuda nas filas dos hospitais, ou não fizeram nada quando o tráfico de drogas adotavam nossos filhos e filhas

Ouviremos mentiras descaradas e promessas que eu e vocês sabemos que nunca serão cumpridas, em 2012 os que nos governa e os que já nos governaram, irão trabalhar arduamente para nos convencer que eles tem a formula mágica das soluções para nossos problemas

Problemas estes, que se perpetua na ingenuidade de nosso ser e na persuasão destes facínoras!

Que em 2012, façamos valer toda nossa indignação, que façamos valer nossas vozes e que façamos valer nossos votos

Que dinheiro ou bem material não mude nossa consciência, que sejamos capazes de parar, analisar e responder a altura a muitos que ai estão a décadas e nada, absolutamente nada, fizeram por nós!

Em 2012, teremos a oportunidade de mudar a história de nossa cidade, colocando no poder pessoas que realmente queiram mudar tudo de errado que ai está

Aproveito para deixar um lembrete aos moradores de TAMOIOS, em 2012 vocês terão duas opções:

Mudar a história de décadas de abandono ou continuar na mesmice de serem sempre tratados como trapos

Que venha 2012!

Um comentário:

Luciana disse...

Dizem que 2012 é o ano com a marca da mudança, eu digo que esta mudança já vem acontecendo, devagar mas vem. É a mudança para uma nova consciência. Então, por isso creio que hoje já há maior conscientização da realidade. Já não há babacas e bobos como havia antes, podem observar. Nada muda de um dia para o outro, é um processo lento, mas constante. Espero sinceramente que em 2012 esse processo continue mais firme, e que possamos percebê-lo nas eleições. Que os eleitores já não se deixem tanto levar por doces promessas e presentes de última hora ou de último ano de mandato. Que saibam que o voto vale muito mais que os agrados do ano eleitoral, vale um mandato inteiro e não é moeda de troca.